leia

Que tal trabalhar com Psicologia Jurídica no Brasil?

Por Beatriz Carvalho

Você não seria psicólogo ou psicóloga se não gostasse de trabalhar analisando o comportamento humano e o que se esconde em nossas mentes. Vamos combinar: é uma área de trabalho apaixonante e que pode ser exercida nas mais variadas esferas.

Com o diploma nas mãos, é possível atender em consultório ou trabalhar em hospitais, escolas, ONGs, entidades sociais, governos, empresas etc. Um delas, da qual menos se fala, é das mais instigantes e, de quebra, ainda oferece a chance de conseguir salários melhores. Estamos falando da Psicologia Jurídica no Brasil. Ou Psicologia Forense, como preferem chamar alguns. A gente já vai explicar do que se trata.

Esse é um campo no qual os profissionais trabalham unindo Psicologia e Direito. Ajudando a Justiça nas questões relativas à saúde mental dos envolvidos em um processo.

Você, claro, já deve ter visto referências dessa atividade específica em seriados e filmes. CSI e Criminal Minds são duas das séries mais conhecidas, com psicólogos encarregados de decifrar a mente de assassinos em série ou cidadãos acima de qualquer suspeita que, um belo dia, cometem crimes quase perfeitos.

A maioria dos psicólogos jurídicos no país cuida da avaliação em casos de abuso de crianças ou violência contra a mulher. Também podem ser acionados a ajudar em disputas complicadas envolvendo heranças, brigas entre cônjuges e divórcios litigiosos.

Além de tentar entender o inexplicável ou ajudar as pessoas em momentos difíceis, vale a pena dizer que os salários iniciais, nesse segmento específico, giram em torno de R$ 5 mil. Uma boa remuneração em relação a outras da área.

Como se tornar um psicólogo jurídico

Como se tornar um psicólogo jurídico

Para se tornar um psicólogo jurídico, são dois os principais caminhos: prestar o concurso do Conselho Federal de Psicologia para obter o título de Especialista na área ou fazer uma pós-graduação com esse foco.

Depois, é só apurar a sensibilidade e se jogar na missão de tentar entender a mente e o comportamento humanos em momentos tão conturbados.

 

Tags: Psicologia

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!